Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

26 Jul, 2020

Just a little

Proving ground, the battle for survival
One blow will kill you, only God can revive you
Tired of cowards, they don't bring any value
Low key in love, for the tail and the gorgeous, living the life
Don't need to smoke any chronic
Pure drinks? Cold water no gin
Slowing? Only getting smarter, looking after my dreams
Pushing keys?
I leave this job for the fiend

Poetry doesn't pick, I'm a artist a Black king
Post colonial, starting my reign
In a jungle, looking thirst for the thing
Like gollum, I'm searching for the lord of the rings
Making jokes sounding hard, trying to collect my arms
Struggling everyday, showing heart
Praying sinner, when the moment comes
I will sing it, did I miss, should I've seen it?

Boy oh boy, the timed catches up
One derail, you cast yourself up
Does any one know if she loves me?
I'm sweating, just the thought of taking her robe
Gives me a rush like a drug
Free poems are my rose
Baby read it with love
Poem over, can you top all this shit above?
10 minutes, a story of love.

Just a little, 26/07/2020

26 Jul, 2020

Acordei e afins

Estabelecendo connects, má língua não fala em fé, faço isto de borla dá me um abraço
Sei bem que tu lês, vá lá torce esse braço
Poesia de rua, Rimas com tacto
Viagens até os states, todos mostram agrado
Se pensas ser fácil, copia os meus traços
Poeta com direito a estátua, ego fantástico
E não me venhas dizer, que só olho para baixo

O coração também conta, não penses que me conquistas, fazendo teatro
Fodasse, já não estou triste e estático, escrevo com palavrões, não será isto magico?
Pois parece fácil, rimar as duas últimas, mas falta timing e um compasso
Difícil para alguns, para mim um feeling máximo

Este foi oferta, mas abre os olhos e compra
Fica tudo exatamente à minha conta
Aldrabões, gatunos de sonhos ficam à minha sombra
Se não caber, envio uma sonda
Vou terminar, com a barra do 100
É esta a minha onda, mais uma para o abrigo
1.

Acordei e enfins, 26/07/2020 

24 Jul, 2020

I dunno

What's wrong what's right?
Feeling bad, wrong vibe, killer instinct gone, closing the mind
Rambling shit! This post is tight
Fucking bad day, just need some sleep tonight
Poetry depressing, I'm dazed, looking for new stuff to write
Dreamer of hard rhymes, see my work
I call this shit tight, arrogant but humble, at the same time
If you think is easy, go ahead work the mic
I laugh at your complex, the almighty king
No throne no queen, giving false hopes
Seeking fake dreams

Another one, it goes so smooth
Did I speak anything bad? Does it look rude
Cmon man, watch this dilute
Pain gives me shivers, this feeling I salute
Thoughts wondering what's next, why I'm such a fool
This passes by, my journey won't be a fluke
Favorite hobby, hit the board with no hook

Man, it's obscene how I tell the truth
Magician at work, baby face at home
Sadistic with the pen, I'm writing a. New book
Consequences of hard work, poetry is like a juice
Read this shit, if your feeling confused
We all got a story to tell, screaming to the roof
One sad day, another poem for the stash.

I dunno 24/07/2020

I dunno 24/07/2020 Rafer Diogo

18 Jul, 2020

Down in the hole

Past, present? I live for the Fucking future This is a run out, no circles or loose strings, straight out of the pain I'm not playing any games, listening to nostalgia, damn I'm I still the same? It was like smoking Salvia, was I out of the game Runnin thoughts, venturing the jump from the plain Dark shit attacking, I was confused in the brain Throwback, touchy feeling, roll back I don't think I'm finished Was it a god... I won't make him conceited I'm working out, I'm loving the feeling Holophotes to the face, it had me screaming Buddy are you OK? My brother's were steaming Im from the jungle, we pick as we see them New role, I'm working to fit in Rest easy, I'm loving this sceneries Holly shit, back full of scars From this dangerous ark Are we winning, are we not? Putting things in perspective I'm allowed some rest in Bless me with good things Show the receipt Your turn, tell me what's up. Down in the hole, 18/07/2020

17 Jul, 2020

Afundando

É hora de abastecer, cozinho poemas para se comer Na rua, poucos me conseguem reconhecer Olhos na tela, começa a novela Em dias como estes, vejo as belas, doce amor que nutro por elas Vida de vagabundo, balanceado que nem um bêbado profundo O jogo, só me trás infortúnio, sorte no amor? Talvez seja azar em ambos Na banda dizem que estas questões, são mambo profundo Artista bilingual, poucos fazem com tanto pouco Todos o fazem, em terreno morto A ideia disto, é criar conversa Ler um bocado, por a mão na testa Porque é que o poeta, estragou a minha festa? Vida perfeita, mas muito pouco honesta Escrevo do coração, signo escorpião, por isso tanta controvérsia Não consigo dizer não! Já foi, passou rápido certo? Então que ilação tiraste? Pintei a tua vida, questionei o teu carácter Não escrevo poemas por marketing A viagem acabou, reflete isso é fácil. Afundando, 17/07/2020

16 Jul, 2020

Interrogatorio

Hey puto tas confuso? Não me queres aqui, será que sou muito duro? No interrogatório, viras te os olhos Não és chibo, és um tipo sólido O teu amigo contou me a tua vida, tens um passado histórico Nunca choraste à beira do abismo, abominas escória, nunca tiravas negativas, eras o menino da escola Os teus pais devem ter orgulho! Mas calma eu até sou simpático, não me faças de burro Agora diz me cabrao, quem vendia aquela droga? Isto é fácil de encenar, filme de Hollywood, estarei eu a sonhar? Será que é verdade, ou é da minha mentalidade? Pois é do bairro, onde correm as mulas, soltas e sujas Cada passo medido a milímetro sempre pronto pá fuga Merdas de rua, testa se os putos Põe se em situações de bravura O sistema? Ganha bodes para a sua.. Definição do que é o bandido e o tipo que fatura Ai ele roubou uma bike? Vamos lá a nova purga, luta entre cidadãos da mesma estatura E continua assim a estória do demônio, visto pelos meus olhos Infeliz o miúdo das estatisticas Que sem ficha limpa Fica a procura de trabalho ou se mete na pista Diálogo entre camaradas de alma, bandido ou homem de arma Que diferença tem eles? Interrogatório 16/07/2020

14 Jul, 2020

Decisões

A sentir no topo do mundo As cenas vão devagar, não vou saltar o muro Só eu, preparando o meu futuro Rimas conscientes, limpando tudo impuro Não queres, não compres, o miúdo continua aqui Feliz, sem localizar um fim Amor digno de um anjo, defeitos desaparecem por quem amo Faço isto por simpatia, não quero ser insignificante A minha vida está mudar, sou um poeta mutante E vão mais, porque assim a escrita demanda A poeta tem olhos, não fico apenas na cama A crença? Apenas pedir uma nova dança Passado assombroso, mas nasceu nova chama O puto cresceu, e começou uma mudança Valem tanto como eu, nada de inseguranças Pálido ficam eles, com tanta confiança O que tomas? Porque não piscas os olhos a cada nova dama Este foi feito de fininho, lê com cuidadinho, e vais perceber o precinto Mau ou bom, verdadeiro ou ator? Julgar é fácil, para ti até deve ser bom O desrespeito vem com doce Vou apenas ignorar, não te agarro pelo pescoço Filósofo para a vida, militante por gosto Aqui está uma nova entrada, na rua das poesias deste novo.. Ou Velho artista do povo Decisões, 14/07/2020

14 Jul, 2020

Last trip

Now I get, uniform with the story Years battling the drug, not looking for any glory Fuck that, we wake up from that New poem, for the stash No repetitions, do they bring any cash? Money? Things happen for a fact Obsessed with pure thoughts, not looking for wealth Mind and body, connection to a god Sending prayers to non believers We all enlighten by your thoughts Getting to easy, but it does keeps me busy Hurricane of ideias, complex schemes for the gods Cocky attitude, slandering the boss Different attitude, respecting my source.. Of income, it won't change the system Cant collaborate with fakes Do you see them? Won't Co operate with rats Can you see kick them? Dirty little squirrel, who's your next victim? A simple change of look, gets you glee in Don't forget about the love, I'm always signaling Writing off the top, no corrections, just send the envelope 10 minutes says the clock Last one, ending sharp and on point. Last trip 14/07/2020

14 Jul, 2020

Segue em frente

Abstrato pa caralho, coloca este poema no teu armario Sem ilusões de encontrar atalhos A vida como ela é, esconde se por entre os pés Marca putos e adultos, sobre nós? Tem poder absoluto As nossas escolhas são o produto De propaganda sem conteúdos Merdas sérias que no envulto, batem recordes em segundos Olha à tua volta, felicidade é algo bem confuso Eu próprio a procuro, já me está agarrar pelo pulso Nada de lições, fica este poema para ilações Magia de escrever, a interconectar relações Período de reflexões, queres viver feliz, ou sentir contrações? Poema dedicado a quem toma ações Poucos querem saber, alguns ainda tomam decisões Pedem poemas diferentes, algo que entre nos padrões Fiquem sentados a esperar, e nem faço citações Fica para cada um resolver, como cada qual se compõe Bem o momento da despedida Fez sentido? Lixou te a vista? Continua a ser fãn, o vilão é sempre artista Vida está má? Então faz te à pista Sem compaixão? Perdão mas só assim conquistas O lugar no pódio, dos poetas e artista Segue em frente 14/07/2020

O coração de um poeta, dominado por sonhos Bela aquela que o arrancar do seu sono Amar é difícil, ficar um transtorno Linda! Acorda me, estou aqui Peço te um toque, um beijo Peço te que descanses, no meu peito Mulher corajosa, não tem medo do homem varrido Passei muito pela vida, quero encontrar o meu canto Olha para mim, não fiques em espanto! Olhos de lua, é um passado distante Oh deusa do luar, dá a este poeta um chance, leva me contigo Diz me que me queres, eu levo te á lua Procuro o teu encanto O amor de um senhor, é alto O amor de uma senhora é santo Deuses se unem, em matrimónio do nosso amor Deixa me te mostrar, o que sei, o que posso Aqui acabo o meu pedido, com a escrita de um insignificante A teu lado me tornarei, um homem importante. Prometido é cumprido! 11/07/2020

Pág. 1/2