Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha esquerda

Blog mais virado para a política, tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Mas algo para lerem nos transportes públicos ou onde quiserem. Leitura sempre rápida!

Linha esquerda

18
Dez18

A sombra dos reality shows Portugas


Raf

 

Portanto, pega se em 14 ou 16 tipos, de vivencia idêntica, ou seja sem trabalho e á procura de fama, com bom especto físico (não vou negar), e coloca se os em uma vivenda trancados, onde tarefas ou desafios como passear de bikini são designados, álcool á fartura, tudo no intuito de criar confusão e conflitos, que já chegaram a agressões.

O choque e a violência gratuita encontrou a sua timeslot, em horário nobre, cidadãos de todas as idades entretém se a ver o “Mário” a ofender a mãe do “Gonçalo” e não vou mais longe no que já foi transmitido.

 

O que isto espelha da nossa sociedade? Sinceramente fui fan do na altura pioneiro Big Brother e acompanho o reality show Survivor, portanto posso cair em hipocrisia. Mas não existe um limite? A entrada na tal casa é desenhada com psicólogos profissionais, ou seja o ambiente é criado para surgir confrontos. Com a falsa ideia de produzir uma experiencia social, os canais de Tv aproveitam se de indivíduos (que por si já não são os mais balançados), para ganhar dinheiro com chamadas e ratings.

 

Se esta receita funciona, a concorrência responde ao mesmo nível, mas com conceitos diferentes para não parecer o mesmo, claro! Perdão se peco em detalhes, pois realmente não acompanho, mas um canal de Tv tem apostado em esticar a paciência do regulador e já teve um show cancelado, é uma fase que não parece abrandar, pois dinheiro é tudo.

Para quem apenas tem o aclamado serviço “TDT” tem de apanhar com este cenário patético e prejudicial para espectadores menores, não se trata de uma hipérbole, pois eu sei que a miudagem acaba por admirar estes concorrentes.

Este texto foi apenas um apelo para uma Tv generalista de qualidade, as coisas podem ser feitas sem exageros. A narrativa de “experiencia social” está gasta, não a deturpem mais.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D