Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

19 Out, 2020

Foi pouco

E a chuva cai, devia estar como o outra na caminha
A Minha vizinha deve estar a dormir, trabalha cedo de matina
Há quem se queixe, do trabalho e da cozinha
É paradoxo valorizar o dinheiro e não querer passar fominha
Rebeldia é a desculpa, para essa Nova razia
Uns não podem, outros não querem
O que vale é ser a rainha
E quem fala da menina, tem o olho no rapaz
Não consegue aceitar, críticas para se auto valorizar
A cena nem é a falta de esforço
Ou atirar a vida pó esgoto, sou um poeta que comenta
Não estou aqui, para trazer desgostos

Acho porco minimizar, uma geração onde só sobrou o caroço
Muito por culpa desta elite
Pior que o Escobar. El loco
O euro veio, mas foi para nos dobrar o pescoço
A dívida está alta? Quero é offshores nos açores!
Primazia na crítica, olhos na politica
Palavras refinadas, componho poesia
E nem vale a pena, criticares o pantanal
Na hora do recital, és o rouxinol faduncho
Na hora de votar, nem avalias o produto

É passa assim a noite, sem lições de moral
Sou um pecador ancestral
Poeta especial, crítico o que está mal
Imperfeito como tal.. Leva a brincadeira a bem, não me faças refém, sem moralidade vivo bem
Até um dia, idem.

Foi pouco 19/10/2020