Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!


Boas, acho muitíssimo interessante aqueles que “repreendem” e esnobam o PCP por conter na sua sigla a palavra “comunista”, com total desregrado para a sua propiá ironia. Falo claro do PS, algum iluminado por favor, me diga que tique ou tendência socialista podemos encontrar neste partido? Nem peço algo da definição clássica por embaraço, que seria um processo de transição de decisões para o proletariado. Mas algum tipo de semelhança, com ideais socialistas? Afinal quem tem a sigla deturpada? Não se pode simplesmente esconder  sobre os “grandes” Partidos Europeus, baixar os braços e utilizar retorica desonesta, como: A definição de socialismo foi modificada. Admito sim que existe diferenças pequenas, entre Sociais Democratas (já comento) e os auto denominados Socialistas portugueses. 


A realidade é que hipocrisias á parte, são forças do “deep establishment”, e as siglas estão lá apenas, por motivos históricos e na tentativa de se criar uma divisão entre forças politicas. Pois entao poupem nos discursos, elaborados sobre precintos de ideias “socialistas”, simplesmente para aliviar a consciência de votantes que se declaram, de esquerda.


Infelizmente não existe qualquer tipo de projetos de longo prazo, onde a finalidade total, seja igualdade e justiça que o socialismo como ideologia nutre. Não é minha intenção “atacar” uma força política que apesar de tudo é bem mais contida que o PSD ou CDS, mas por muito que doa, tenho que trazer á luz, socialismo? Aonde?


Passado este paragrafo, não posso deixar de completar o texto com o “outro”, a "ancora fascista". O PSD não é um partido, mas sim uma maquina de lavar dinheiro, que como boa empresa tem a sua “nobre” filial o CDS, encontra se no espectro da direita e conta com as mesmas elites que alimentam a maquina PS, mas com ainda maior descaramento na hora de dividir o “bolo” entre os portugueses, pobres e ricos.


Os patrões são muito influentes, tanto como os milionários. Um abono de um patrão, indica não apenas o seu voto, mas o de milhares, o medo que conseguem implementar nos cidadãos de posses médias fazem a diferença, são um partido que mais ganha, com a separação de ideologias e discursos de divisão.


O PSD é uma empresa de sucesso, com um branding estabelecido, “vão pagar mais impostos”, “o bicho papão da esquerda só gasta”, são frases de sucesso sem dúvida.

Mas o grande prémio tem de ser entregue á empresa de marketing que trabalha os seus discursos e RP. Ludibriar uma boa parte da nação, passando que não fomos humilhados pela TROIKA ou que as privatizações foram feitas de maneira transparente, pede um rating de génio. Claro que falo de propaganda, muito bem orquestrada, e financiamento pesado.


O jogo da cadeira, é uma excelente analogia para compactar os 2, se um vende utopias e entrega cenários pré estabelecidos, o outro mente com todos os dentes, mas como detém amigos no topo a tapar o sol, fica tudo ás escuras. E erros (para não dizer roubos), são simplesmente ignorados, pois não se sabe para onde atirar as algemas.


Soluções? Antes de mais união, mas o mais importante! Oportunidades, preferem um contabilista cadastrado, a tratar das finanças ou um com currículo limpo? Não estou aqui para dizer em quem votar, eu sei quem e partilharei em outro post a minha visão (prometo), mas como os Americanos dizem e cito “sometimes you gotta take a leap of faith”.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.