Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Blog mais virado para a política, com alguns comentários mais cómicos, tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Mas algo para lerem nos transportes públicos ou onde quiserem. Leitura sempre rápida!

Linha esquerda

21
Set18

Lei das drogas


Raf

Desde novembro de 2001 que a aquisição, a posse e o consumo de drogas deixou de ser considerado crime em Portugal, uma medida inovadora e com graus de eficiência gigantes, somos utilizados em estatísticas por todo o mundo como um argumento positivo para a legalização. Está agora na hora de “oficialmente” legalizar as drogas leves, trazendo desta maneira impostos de compra e venda, terminar o tráfico de rua, poupar recursos desnecessários a instituições de apoio a toxicodependentes (com subcarga de delitos com drogas leves) e ajudar o trabalho das forcas policiais reforçando os seus recursos em outras áreas.
Focarmo-nos na batalha que realmente pede esforço! estupefacientes e narcóticos como heroína, cocaína, anfetaminas entre outras mais, e todo o seu trafico que realmente é uma grande prioridade a ser combatida.
É um processo de leis que partidos como o Bloco de Esquerda pretendem iniciar.
Na minha humilde opinião, digo já que não sou consumidor de cannabis, mas conheço muitos pais de família que o são, até policias. Conheço quem o faca como recreativo ou medicinal, ambas tem de ter uma proteção na lei. Acredito que se o álcool mata mais pessoas todos os anos e é legal, porque não marijuana? Não podemos cair em falsa propaganda, estudos já foram feitos e cannabis não prejudica a saúde como muitos veículos de informação tentam desenhar.
Legalizando as drogas leves, podemos combater e prevenir de maneira mais efetiva o consumo e venda de drogas pesadas. Essas sim o verdadeiro flagelo.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D