Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Blog virado para filosofia, consciência política e poesia, escrevo em inglês e português. Tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Bem-vindos.

Linha esquerda

29
Ago18

Mas Kadhafi avisou!


Raf

Venho escrever este texto na sequencia dos confrontos e ataques violentos na Alemanha por parte de grupos neonazis fascistas.
O “rastilho” parece ter sido a morte de um cidadão Alemão nas mãos de 2 indivíduos, um de nacionalidade Iraquiana outro Sírio. Antes de mais infelizmente, vou ter que ser eu a frisar: o jovem que perdeu a sua vida tinha ascendência cubana, informação essa, entre outras que não chegou aos ouvidos dos “nacionalistas”, mas com certeza mudaria muito o cenário, para ser realista eles já estariam a espera de uma oportunidade, algo sensionalista a vir ao de cima, para poderem agir em impunidade com demonstração de ódio e xenofobia por estrangeiros e não "brancos". Foi uma onda que teve início nas redes sociais. 
Já com a condenação da Chanceler Merkel e de membros do governo Alemão Infelizmente não se trata de uma situação nova, a vaga migratória de refugiados vindos do Norte de Africa, acolhidos na Europa tem feito parte da população questionar a liderança e prioridades da UE, com movimentos anti-UE a crescer.
Vou rapidamente, antes de explicar o porque desta crise humanitária existir argumentar que, novas culturas trazem positivismo rejuvenescem a população, produzem, compram, e vendem bens. Apenas vejo benesses na multiculturizacao de uma nação, claro! Respeitando regras e leis da nossa democracia.
Foi em 2011 relatam transcritos de chamadas entre o Ex. Primeiro Ministro Britânico Tony Blair e Muammar Kadhafi. O Ditador Líbio demonstra a sua preocupação pela “Primavera Árabe” (orquestrada por inteligência Americana), e comenta que teria um desfecho catastrófico caso chegasse a atingir o seu Pais.
3 semanas após estas chamadas um bombardeamento da coligação NATO começou. E acabou por retirar Kadhafi do poder, abrindo totalmente as portas para o caos do Estado Islâmico e a crise de refugiados começa, Kadhafi é traído.
Para ver se o leitor compreende, a crise de migrantes é na totalidade culpa dos EUA (que agora lavam as mãos) e os seus aliados. A costa da líbia serve como canal de entrada a milhares de refugiados, que fogem dos seus países em desespero e com a alta probabilidade de morrer no caminho por culpa de conflitos armados e pobreza extrema.
A intervenção no Iraque e Afeganistão foi apenas o começo, relembro agora quem é que apoiou e aplaudiu estes invasões? Quem somos nós para negar apoio a quem tudo lhes foi retirado. Não podemos ser hipócritas! E se a bola tivesse do nosso lado? Querem se manifestar? Falem com o nosso governo, podemos ser um país pequeno mas com certeza como membros da NATO estávamos a par.
Kadhafi avisou! E agora com os portos na mão de mercenários, muitos barcos tentam fazer a viagem, onde muitas embarcações acabam em desastres ou chegam a destinos como a costa de Itália, espanha ou grécia.
Tudo por interesses financeiros, que tristeza.
Boa noite.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D