Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Blog mais virado para a política, com alguns comentários mais cómicos, tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Mas algo para lerem nos transportes públicos ou onde quiserem. Leitura sempre rápida!

Linha esquerda

24
Jul18

O fantasma da crise!


Raf

 

Muitos se perguntam como fomos afetados de maneira tão feroz por esta crise na zona euro, será que a austeridade valeu a pena? E o que nos espera no futuro!?
Não preciso de viajar muito pelo tempo, para me lembrar da queda do então Primeiro-ministro José Sócrates, após vencer as eleições sem maioria absoluta. Passos Coelho fez cair o governo (em parte) , mas passado alguns anos, já vem à tona comentários e artigos de opinião de ex-ministros entre outros políticos que retratam este momento desastroso para o país.
A minha questão fica, será que o pec 4 impedia a intervenção do FMI em Portugal?
De acordo com o antigo ministro das Finanças Teixeira dos Santos sim! (fica ao critério do leitor a imparcialidade do Sr).
Citando o ex  ministro " o Governo tinha um acordo com o Banco Central Europeu (BCE) que garantia condições de financiamento semelhantes às que neste momento estão a ser concedidas à Espanha."
Posso estar enganado mas a austeridade não era um plano maquiavélico do PSD, já ia ser implementado pelo PS.
Passado a queda do governo.
As pastas ficaram nas mãos da coligação direita. E foi o que vimos. 10 anos depois da crise,a economia portuguesa voltará em 2018 aos níveis pré-crise, o PIB vai crescer, mas é preciso muita cautela! até 2020 as exportações vão subir, apesar de haver um número maior de empregados, o investimento vai cair, (sem números muito perigosos).
Basicamente apenas espero que o parlamento tenha aprendido com o passado, sei que a economia de Portugal estará sempre nas mãos de capital estrangeiro, mas posso concluir que a queda do governo foi o melhor para o país , mas não concordo com a terrível austeridade e cortes que foram feitos. Adeus 2009, Olá 2018!

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D