Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Blog mais virado para a política, tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Mas algo para lerem nos transportes públicos ou onde quiserem. Leitura sempre rápida!

Linha esquerda

29
Out18

O neo colonialismo e imperialismo


Raf

 

Já passou algum tempo do fim da ocupação forçada das grandes potências mundiais sobre paises africanos. Mas a mão colonial continua lá! 

Porque é que um continente tão rico em recursos naturais não se desenvolve e ascende ao 1° mundo?

Em 1884 ano da conferência de berlim, África foi dividida, uma divisão, que dividiu povos e tribos desmesuradamente.

As potências vêm com bom olhos, colocar no poder figuras autoritárias, na maioria de escola militar, pois tem mão pesada e respeito dos seus constituintes no exército. 

Em África os imperialistas medem a força do país de acordo com os seus recursos, força militar e localização geo politica. 

Guerras constantes!

Quem ganha com estes conflitos? Que potências vendem o armamento? Quem ganha com destablidade na área? São fomentadas por imperialistas, que fazem muito dinheiro a trocar material bélico por petróleo, pedras preciosas entre outros bens escassos nos seus países. 

Falta de união? 

Pois aí trago a conferência de berlim a divisão foi feita sem nenhum tipo de fator cultural dos povos em pensamento. 

Houve também campanhas de separação tribal propositadas, para garantir divisão, como exemplo o Congo, Ex Colonia belga, onde por medida de lábios e nariz se obtinha uma posição social mais privilegiada. 

A história distorcida, leccionada nas escolas, que não expressão a história e grandeza do país, as dívidas criminosas que os países obtém por mão dos colonizadores. O conjunto de propaganda, que manipula o povo a ser consumista de bens do estrangeiro, a falta de identidade de uma nação com poucos anos, as guerras orquestradas para criar divisão. 

O neo colonialismo tem muitas facetas. 

Fica mais barato implementar regras e jogar o povo em guerra civil, para expropriar África. 

São detalhes e lavagens de cérebro que levam a este estado de impotência. 

Pode mudar. Mas não esperem por um profeta, está é muito bom para os que benificiam de lutas Internas e divisão entre povos para ganho próprio.