Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Blog mais virado para a política, com alguns comentários mais cómicos, tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Mas algo para lerem nos transportes públicos ou onde quiserem. Leitura sempre rápida!

Linha esquerda

08
Nov18

Os “mid terms” americanos


Raf


O primeiro teste de fogo a Donald Trump, contou com uma afluência maior que á de 4 anos atras, mas ainda com altos níveis de abstenção. Pode se analisar como uma pequena vitoria para os democratas, e um aviso a Trump que o combate vai se fortificar, a casa dos representantes virou azul, mas o senado continua nas mãos dos republicanos. E como fica então?

Com a maioria na casa os democratas, podem bloquear já desde o seu embrião legislação por parte de republicanos, tem maior poder (e o vão utilizar) para investigar Trump e os seus negócios pessoais, discutir e tentar implementar leis mais progressivas no congresso.

Os Republicanos por outro lado, tinham mais linhas de combate, com mais assentos para defender, mesmo assim mantêm controlo do Senado, tendo assim um Congresso dividido. Uma coisa é certa, apenas um desastre gigante! Trump sofre empeachment com a situação assim. 

Foi uma corrida, ao bom estilo neocapitalista onde muito dinheiro foi gasto, mas com algumas vitorias anti “establishment”, muitas mulheres a vencer assentos, 2 democratas muçulmanas a vencer, e uma estrela em ascensão que pessoalmente acompanhei. Ms.Ocasio Cortez, que quase como um glitch apareceu no panorama politico e venceu o assento para a camara dos representantes tornando se na mais jovem congressista da historia do pais com apenas 29 anos.

Tirando de parte a cobertura mediática que essas eleições trazem, o que podemos retirar? Trump vai acabar o mandato, mas a sua reeleição caso concorra novamente fica hipotecada, os democratas tem o dever ao mundo inteiro, de minar e combater qualquer política deste Sr. Vai haver um recorde de ordens executivas presidenciais, pois conhecendo Trump, vai praticar bullying politico.

Em parte não fico exasperado de alegria, vamos seguir a continuação da historia, os progressistas apoiados por Bernie Sanders, tem de emergir e lutar contra o dinheiro na política, adotar medidas socialistas, mas é um trabalho difícil, como esta comprovado que em mais de 95% das eleições quem tem mais finanças de campanha eleitoral vence.
A classe media pobre e branca deu o seu voto de apoio a Trump, mas as suspeições que se trata de um malabarista aumentam.
Agora é tudo, negócios como sempre. Como disse um politico Britânico em 1800s quando questionado da maneira de se ganhar eleições e cito “bem existem, 3 fatores…dinheiro, dinheiro e não me lembro bem do 3°.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D