Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha esquerda

Blog mais virado para a política, com alguns comentários mais cómicos, tudo feito pelo telemóvel, perdão pelas gaffes. Mas algo para lerem nos transportes públicos ou onde quiserem. Leitura sempre rápida!

Linha esquerda

22
Ago18

Reflexão sobre o orçamento de estado


Raf

 

Boas, ao longo deste blog, onde com muito gosto escrevo, fiz reflexões do panorama politico em Portugal, e penso nunca ter comentado o OE e as suas propostas. Então o que esperar do governo e as medidas?

Não espero que leiam o OE em integral, eu não o fiz. Apesar de ser um esforço cívico de um cidadão, li os pontos mais importantes que os jornais divulgaram dando-me uma ideia do que como é constituído. Foi aceite e promulgado pelo presidente da República, e está agora em vigor.

Vou apenas analisar como está a ser gerido. Vamos por partes, olhando para o futuro o proximo OE (se o PS estiver no poder) vai ser diferente, se conseguir eleger os deputados para maioria absoluta, o ps vai ter um controlo maior sobre que políticas vão a discussão e terá maior liberdade para implementar o seu projeto, sem ter que fazer perguntas ou concessão a ninguém. Olhando para o presente foi um orçamento aprovado por 5 partidos, onde houve alguma cedência para o desenhar, mesmo assim foi susceptível a críticas por parte da coligação, no argumento de ser "escasso" em algumas áreas, posso usar como exemplo a educação, especialmente a promessa de melhorar a situação dos professores na qual o PCP que está aliado à FENPROF tanto luta. Mas nada que impedisse a sua aprovação no parlamento. Uma esquerda em uníssono. 

Passada essa fase, e adiantado o relógio para a frente já se troca alguns mimos, seja pela imprensa ou em discussão no parlamento. As sondagens apesar de serem voláteis já obrigam a começar alinhar as tropas em sentido, e procurar soluções estratégicas para o ciclo eleitoral de 2019.

O que tiro de bom das prioridades deste OE, são os fundos atribuídos ao combate aos fogos, apesar de ainda sofrer críticas de entendidos na matéria, o flagelo que nos apanha todos os verões não se pode repetir para isso o orçamento foi construído com o intuito de oferecer os fundos necessários. O pequeno mas positivo aumento de imposto a empresas que lucram mais de 25m por ano. Fim dos duo décimos no privado. Houve mais medidas de carácter social que apoiam famílias, desde alimentação nas cantinas, manuais escolares grátis até o 6° ano. Perguntam me quanto dou de avaliação? Ainda não tenho essa resposta. Perdão! 

Bom dia! 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D