Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

22 Fev, 2019

Revejo-me em ti

Revejo-me em ti

Na tua incomparável beleza

Na tua silhueta 

Nesse teu olhar, de quem 

Sempre consegue mais

És realeza, só tu mesmo 

Consegues contactar os deuses

Ombreias o poder de Atenas

Pois eu quero te proteger

Com a feracidade de hades 

 

És a relíquia dos ricos 

Em espírito? 

O sonho dos pobres 

O pesadelo dos crentes 

Convida para o teu mundo 

Entrega as chaves da tua casa 

Confia em mim

Deixa me ser o "teu"

Eu sonho que sejas a "minha" 

 

Os avanços são inerentes a mim

Procuro algo mais doce 

Tou fatigado... 

De que cor é esse bâton? 

Onde treinaste esse andar? 

Quem disse que negro não cora? 

Cora sim, cora ainda mais! 

Cora o vermelho do coração

Sobre a pele, irmã do sol

Já te perguntei 

sobre esse anel no dedo? 

Eu sei respeitar

Mas também sei Batalhar! 

Virtudes de um rapaz encantado 

 

Já estou confuso 

Com a tua presença 

Estou até irritado 

Por não te conhecer melhor

Quero descer até onde permitires 

Tocar até onde deixares 

Já fiz a minha cabeça 

Tou decidido! 

Que presente te posso oferecer

Nada? Vou então oferecer

O que para mim

Não tem valor definido 

E que tal a minha vida? 

Para agora, e para sempre! 

Aceitas? 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.