Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

Linha esquerda

Bem Vindos! Blogue de poesia, desfrutem! Welcome! Poetry blog, enjoy your stay!

16 Jul, 2019

Valsa (poema)

Que bom é encontrar

O ouvido quente! A chama! 

Que as dificuldades emanam

São gasolina, como a utilizar?

Bem, fica a nosso critério

Mas a mim dá-me mais forças

Força o meu processo criativo

E oferece cores novas

Que antes estavam escondidas

O mundo não é preto e branco

Todas as energias

Tem o seu proposito

Eu apenas as canalizo para o bem

A verdadeira batalha está ai

A mente sente o impacto

E dilui este golpe estimulante 

Para zonas desconhecidas

Pois não percam tempo à procura

Aceitem como elas são

Divirtam-se no desafio

Coloquem as peças

Nos seus lugares!

Bizarro não? 

Sim, até pode ser! Mas porque não? 

Eles apenas nos desafiam

Para uma dança

Então coloca os pés

No centro gravitacional

E comanda

Ao som do bailado! 

Repete se quiseres, podes até pedir

A mesma valsa

O vinil da vida não risca

Medo? Isso apenas nos coloca

Em lugar de passageiro

Com as pernas bambas

Sobre o controle 

Destes bailarinos atrevidos

Quando alcançares 

O teu sapateado, vais sentir

E realmente compreender

Que o silêncio

É o teu grande inimigo

Não crescemos com tudo ensinado 

Abraça estes deliciosos infortunos

E como os artistas de palco dizem

Muita merda!

 

14/05/2019

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.